A vaidade, quando excessiva, empurra milhões de pessoas para um caminho que ao invés da perfeição, tudo o que conseguem alcançar é a própria insatisfação pessoal. Existem mulheres e homens que todo santo dia ao se levantarem, a primeira coisa que fazem é subir em cima da inimiga número 1 de uma Reeducação Alimentar saudável: A balança.

Cambada, seguinte, a Tia Cris (quem vos fala) sempre foi gordinha. Já passei por maus bocados nesta ideia de tomar remédios a ponto de ficar neurótica com a condição de ser gordinha. Desde os meus 14 anos que luto contra a “aparência”, pois a balança é uma falsa amiga. E porque falo isso? Oras, gordura pesa mais que músculo. Uma pessoa com 80kg pode se aparentar ter menos peso por causa de seu baixo percentual de gordura corporal sendo definida por massa magra, já outra pessoa pode ter 80kg e nos passar a impressão que pesa mais que 80kg por conta de seu alto percentual de gordura corporal, o que faz  MUITO MAL à nossa saúde.

A preocupação com imagem e estética passou dos limites onde, se você estiver magra e glamourosa, deixe que a saúde se dane. A prática em obter o corpo perfeito vem distorcendo toda uma juventude dominada pelo processo de massificação das mídias. A televisão vem veiculando a imagem do corpo perfeito através dos mais variados formatos de programas, peças publicitárias, novelas, filmes etc.

blog-da-tia-cris-corpo-perfeito-dietas-da-moda-03 corpo perfeito Corpo perfeito... A busca eterna!?! blog da tia cris corpo perfeito dietas da moda 03

O cinema Hollywoodiano também tem grande parcela nesta culpa na busca de um corpo perfeito, criando novos padrões de aparência e beleza, difundindo novos valores da cultura de consumo e projetando imagens de estilos de vida glamorosos para o mundo inteiro.

É incrível como este assunto sobre o corpo perfeito, em pleno século XXI, ainda perpetua com a ideia de que, para sermos felizes e bem-sucedida, precisamos estar no peso “ideal”, por exemplo, quando deveríamos incentivar a “saúde ideal”.

Vejo no meio da mulherada uma busca desenfreada da “beleza perfeita”, se restringindo de muitos alimentos e besteiras, por assim dizer. Tenho a mania de falar que vivo de dieta mas a dieta não vive em mim. Jamais me negarei no meio de uma tarde linda de verão um sorvete por causa da contagem calórica, isso pra mim é sobrenatural, já que uma ótima Reeducação Alimentar, equilíbrio e auto-controle vale para a vida inteira, sendo feliz e com saúde, sem lamentações do tipo: Quero tanto um brigadeiro mas não quero voltar a ser gorda. BALELA.

Se você pensa que se abrir uma exceção em relação ao que você queira comer, você vai perder o controle devorando tudo até não sobrar nada, chegou a hora de observar suas atitudes perante à comida e enfrentar seus pontos fracos com determinação e compromisso. Não se torne uma escrava destas dietas mirabolantes. É um processo de auto conhecimento profundo. Encontre seu ponto de equilíbrio.

Sou gordinha até hoje apesar de ter emagrecido muito, mas cheguei em um ponto onde uma dieta totalmente restrita não vale a pena a ser colocada em prática, já que não quero ser Body Building e/ou Fisiculturista. Quero apenas ser uma pessoa normal com desejos repentinos de comer algo cheio de gordura e colesterol e sentir-se bem, sem culpas ou frustrações. Quero ser quem sou, gorda ou magra. Mantenho meu peso de boa praticando exercícios físicos e quando quero emagrece um pouco mais apenas vigio o que coloco na minha boca sem restrições e torturas. E posso dizer que neste meu caminhar contra a balança (ou contra a perfeição doentia?) me tornei uma pessoa super feliz e resolvida com meu corpo e seus catupiryzinhos :)

blog-da-tia-cris-corpo-perfeito-dietas-da-moda-04 corpo perfeito Corpo perfeito... A busca eterna!?! blog da tia cris corpo perfeito dietas da moda 04

Chegaremos aos 150 anos fácil se não punirmos nossas vontades com exercícios físicos e disciplina. Não estou dizendo para exercitamos para comer rs! Alimentos saudáveis e 1 dia de lixo é válido , se funciona pra mim, deve funcionar pra você, acho eu, vai que…

A busca pelo tal corpo perfeito não deve ser primordial, torna-se uma doença, um veneno para a auto-estima, que sem perceber, afeta homens e mulheres os tornando obcecados em alcançar o padrão de beleza, o perfeito estético.

Temos que cuidar sim do nosso corpo, nos cuidar e nos amar, mas com consciência e muita saúde, respeitando nossos limites. A pressão social da busca do corpo perfeito devia ceder lugar à busca pela qualidade de vida perfeita, cuidando da alimentação e exercitar-se regularmente. Busquem uma vida em que se consiga equilibrar o dever e o prazer.

Enfim, é isso :) Quero ressaltar que estou falando sobre o corpo perfeito, e não sobre dietas e reeducação alimentar, ou seja, não estou dizendo para vocês se entupirem de comida rs, sobre este assunto abortarei em outro post futuro.